E o que digo?

Participei das minhas próprias armadilhas.. enrosquei-me em mim mesmo, sem escapatória, demonstrando tudo o que não queria e aí? O nada. Para que? O nada. Que mais que preciso faze? Que mais que preciso sacrificar? Meus passos já não são tão lúcidos, minha mente já não está tão sólida, há uma catástrofe rudimentar. . é preciso ser sincera comigo mesma! Preciso, devo e com muito mais prazer do que mentir e ocorrer tudo que era novamente! A pior coisa que posso imaginar, estava em minha tacada finaL e agora? O nada. Que mais? O nada? E agora que digo ???

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: